Fulgêncio toca na ferida da Oposição: “Até 31 de janeiro Luciano não era importante”

O secretário de saúde de João Pessoa, Adalberto Fulgêncio, tocou na ferida da agora fragilizada relação de setores da Oposição com o prefeito da Capital, Luciano Cartaxo (PSD), ao comentar sobre os apelos pelo “Volta, Luciano”.

“Há uma contradição da Oposição. Eles não viram em Luciano a pessoa que agregasse. Maranhão se lançou candidato e Romero depois. E os dois ainda mantém. Se existia ainda algum diálogo com o prefeito deve ser agora noutros termos”, disse em entrevista ao programa Rádio Verdade, da Rede Arapuan de Rádios.

“Até 31 de janeiro ele não era importante para ser candidato. Agora ele é importante para apoiar um candidato”, arrematou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: