Lira engrossa rebelião contra Maranhão e deixa MDB

O senador Raimundo Lira será mais um a deixar o MDB. A informação é do jornalista Gerson Camarotti, do G1.

Raimundo Lira entregou o cargo de líder do MDB no Senado para engrossar o movimento contrário a pré-candidatura do senador José Maranhão ao Governo do Estado. Antes, os deputados André Amaral (agora do PROS) e Veneziano Vital do Rêgo (a caminho do Podemos) anunciaram suas saídas, o mesmo caminho a ser adotado oficialmente por Hugo Motta, que assumirá o PRB. O vice-prefeito de João Pessoa Manoel Júnior foi outro a deixar o MDB para seguir para o PSC.

De acordo com Camarotti, o presidente Michel Temer chegou a conversar pessoalmente com Lira, mas não conseguiu mudar a decisão do senador, que defendia uma aproximação do partido com o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: