O primeiro dia de Leto na prisão

Leto Viana (PRP), prefeito afastado de Cabedelo, não tomou o café da manhã em seu primeiro dia preso no 5o Batalhão da Polícia Militar, no bairro do Valentina.

Foi oferecido pão, bolo e café.

“A ficha dele ainda não caiu”, relatou o tenente-coronel Valério.

Apontado como líder da organização criminosa desarticulada pela Polícia Federal durante a operação Xeque-Mate, Leto chegou ao 5o batalhão às 19h15 de ontem e antes de se recolher recebeu a visita de advogados.

Leto Viana está detido em uma cela juntamente com mais um preso. Nela, o político tem direito a uma cama, um ventilador e um aparelho de TV.

Leto Viana e envolvidos na operação Xeque-Mate responderão por formação de organização criminosa, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e fraude licitatória. O prefeito responderá ainda por crime de responsabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: