PDT acusa grosseria de Ricardo para rompimento

O PDT trata publicamente a relação rompida com o governador Ricardo Coutinho (PSB).

Carlos Lupi, presidente nacional do partido, acusou Ricardo e aliados de terem sido grosseiros com a vice-governadora Lígia Feliciano após o “fico” no governo.

Ao programa Rádio Verdade, da Rede Arapuan de Rádios, Lupi enfatizou que o rompimento partiu do socialista.

“Não foi ela [Lígia] que rompeu, foi ele [Ricardo]. Ele foi muito grosseiro nas suas críticas. Na política o inimigo de hoje é o amigo de amanhã. Nunca podemos afirmar uma desamizade eterna ou uma amizade permanente”, afirmou.

Em Brasília, Lupi deve pedir para Lígia abrir diálogo com a oposição.

“Lígia é candidata a governadora e nós estamos trabalhando nas possibilidades de alianças. Tudo que ela precisar para fortalecer o palanque para construir alianças está dentro do contexto”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: