PT endurece cobrança ao PSB

PT e PSB até tentaram aparar as arestas em reunião anteontem entre o petista e presidente da sigla na Paraíba, Jackson Macedo, e os socialistas Waldson Souza e Ronaldo Barbosa. Mas o saldo ainda não foi o ideal. “Em alguns momentos a reunião foi dura”, deu o tom Macedo.

Incomodado com a presença de apoiadores do processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), na chapa majoritária do pré-candidato do PSB ao Governo, João Azevedo, Jackson Macedo admite que pode abrir diálogo com outras legendas. “Até o dia 26 de maio [encontro estadual do PT] continuaremos conversando com o PSB e outros partidos, buscando construir um bom caminho para as eleições de 2018”, disse.

Entre convergências e incômodos, até quando o PT seguirá falando grosso com o PSB?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: