Estado ameaça suspender contratação de policiais

A dura medida a ser tomada pelo Governo é consequência da decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que determinou no fim do mês passado, o repasse de R$ 2 milhões a mais do duodécimo para o Tribunal de Justiça da Paraíba (R$ 51,6 milhões e não R$ 49 milhões).

Além de suspender a contratação dos 500 policiais que serão aprovados no concurso da Polícia Militar, o governador Ricardo Coutinho sugeriu a suspensão da abertura do Hospital de Cacimba de Dentro.

“Essa decisão impõe ao Estado – caso não seja revertida – algumas medidas emergenciais, que infelizmente impactam a vida das pessoas”, anunciou Ricardo antes de elencar outras tomadas como o possível corte de cirurgias cardíacas em adultos do Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires e o atraso da obra da adutora da região 89, em Catolé do Rocha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: