Cabo de guerra

Os caminhoneiros vão acatar a decisão liminar do juiz da 2ª Vara de Cabedelo, Antônio Silveira, que determina a desobstrução do Porto de Cabedelo e a liberação de 100% do abastecimento de combustíveis na Paraíba.

Mas…

“Ninguém pode nos obrigar a carregar”, disse o presidente do Sindicato dos Condutores de Derivados de Petróleo (Sindiconpetro), Hemerson Galdino, ao Blog.

“A categoria se recusa a trabalhar”.

Em reunião com ministros, na manhã deste sábado (26), o presidente Michel Temer discutiu novas medidas para conter a greve dos caminhoneiros que chega ao sexto dia.

Entre elas, “contratar motoristas para dirigir os caminhões que ainda estão parados”, informa Andréia Sadi, repórter do G1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: