Deputados ficam ilhados na PB

O desembarque dos parlamentares paraibanos, em Brasília, nesta segunda-feira (28), a pedido do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), e do Senado, Eunício Oliveira (MDB), não será simples.

Falta combustível nos aeroportos do estado – Castro Pinto, em João Pessoa, e João Suassuna, em Campina Grande.

“Vamos ver como vai estar amanhã”, disse preocupado o deputado Efraim Filho (DEM).

“Vou voltar nem que seja de carro”, brincou o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB).

A assessoria do senador José Maranhão (MDB) desconhece o plano do emedebista para voltar à capital federal. Maranhão está em pré-campanha ao Governo da Paraíba.

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) decidiu permanecer em Brasília desde sexta-feira (25).

“É fundamental que, neste momento, a Câmara dos Deputados esteja atenta e pronta para colaborar com soluções para os graves problemas enfrentados pelo país”, enviou Maia aos deputados.

Já Eunício quer votar o projeto que regula os preços de fretes rodoviários. A votação do projeto está incluída no acordo firmado entre o governo e caminhoneiros na quinta-feira (24).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: