Haddad rejeita gíria

Fernando Haddad não quer ser chamado de poste.

Ao autor do Blog, o petista reagiu a gíria que denomina a sua missão no cenário eleitoral.

“Nunca ouvi isso da boca de alguém decente”, irritou-se.

Candidato poste é uma antiga gíria política num processo em que um líder popular sugere aos seus eleitores a adesão a alguém de sua confiança.

A transferência dos votos do ex-presidente Lula, preso por corrupção, para Haddad não tem sido simples. Marina Silva (Rede) é a candidata que mais herda votos (21%) dos eleitores do petista maior. Na sequência vem Ciro Gomes (PDT), com 13%, e só depois aparece Fernando Haddad, com 9%.

O poste ainda está apagado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: