Estado destitui delegado da Operação Cartola

Estado destitui delegado da Operação Cartola

O governador Ricardo Coutinho (PSB) fez alterações em cargos de comando da Polícia Civil na Paraíba.

>> Operação Cartola chega à política

A principal delas mexe com o delegado responsável pelas investigações da Operação Cartola: Lucas Sá. Titular da delegacia de Defraudações de João Pessoa, Sá foi rebaixado para delegado Adjunto de Delegacia Especializada.

Coincidência ou não, no último domingo (28), a TV Globo exibiu mais uma reportagem sobre a manipulação de resultados no futebol da Paraíba. Em uma das transcrições de ligações interceptadas pela polícia que a emissora teve acesso, o nome do governador é citado pelo então vice-presidente de futebol do Botafogo da Paraíba, Breno Morais, em uma conversa com o então presidente do clube Zezinho. 

Segundo Morais, Ricardo Coutinho teria dito: “Breno, o certo era você ter comprado o juiz de um jogo desse aí“, que respondeu: “Eu sei, mas não tive jeito de chegar.” O diálogo teria acontecido após a derrota do Botafogo para o Atlético Mineiro na Copa do Brasil. 

Breno Morais e Zezinho Botafogo estão afastados de seus respectivos cargos pela Justiça e responderão por crimes relacionados à corrupção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: