Carnaval

Morte das Muriçocas: prejuízo incalculável, diz ambulantes

A edição 2019 do bloco das Muriçocas do Miramar não deixará saudades para ninguém. Para os vendedores ambulantes muito menos. Segundo a líder da classe, Márcia Medeiros, o prejuízo é “incalculável” para os mais de 300 trabalhadores que investiram para se instalar na via Folia. 

“Foi terrível e horroroso. Não vendemos nada. No mínimo, uma queda de 80% comparado ao ano passado”, desabafou.

“Foi uma grande sacanagem conjunta”, afirmou Medeiros se dirigindo à prefeitura de João Pessoa, a Associação Folia de Rua e a organização das Muriçocas. 

As vésperas da quarta-feira de fogo, na segunda-feira (25), o bloco anunciou que mudaria o formato do evento, com a decisão de não descer a Av. Epitácio Pessoa por falta de grana. Pouco depois, os órgãos de segurança vetaram as mudanças em cima da hora. O estrago, porém, já estava feito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: