Futebol

Nada muda nos gramados da Cartola

Algumas coisas não mudam nos gramados da Operação Cartola. Arbitragem duvidosa e dirigente invadindo campo por exemplo. Foi o que aconteceu no jogo da semifinal do Campeonato Paraibano entre Nacional de Patos e Botafogo-PB, em Patos. O time da casa vencia por 1 a 0, quando aos 21 minutos do primeiro tempo o seu melhor jogador, o meia Birungueta, é expulso pelo árbitro paulista Marcelo Aparecido de Souza, em um lance polêmico para cartão vermelho. A expulsão revoltou o dirigente do Canário, José Ivan, que acabou contido apenas pelos jogadores na arena de jogo. Isso antes de ameaçar abrir os portões do estádio José Cavalcanti para torcida bater no juizão. (Foto: Raniery Soares – Rádio CBN de João Pessoa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: