futebol

Repórter MaisTV: Auto Esporte, um time que luta para ressuscitar

Portas abertas para o passado, presente e futuro. O Repórter MaisTV, deste domingo (17), provoca uma reflexão ao universo esportivo da Paraíba: o que aconteceu com o Auto Esporte e o que o futuro reserva para um dos grandes clubes do estado?

Se o futebol enche os olhos de qualquer torcedor, para os do Alvirrubro de Mangabeira, tradicional agremiação esportiva, o único grito que se escuta, é o brado de socorro que o clube pede.

Dono de seis títulos paraibanos, o Macaco Autino, tem 83 anos e há 27 não sabe o que é sentir o prazer pela conquista de um título da elite. Em 2020, mais uma vez não estará entre os dez melhores times da Paraíba.

Para entender melhor o que se passa com um dos mais charmosos clubes da Paraíba, o Repórter MaisTV ouviu dois historiadores, sendo um torcedor de arquibancada (José Octávio e George Henrique), um jornalista (Max Oliveira) e o técnico do futebol feminino do clube, Guilherme Paiva. Mas mais do que isso, a reportagem foi a sede do clube, em Mangabeira, e constatou o abandono do Auto Esporte Clube como instituição.

Para George, um dos grandes maus do clube é a falta de transparência e diálogo da diretoria para com a torcida.

“Está faltando um contado maior entre clube e diretoria. Um diálogo e uma transparência maior. Ela existe, mas ainda é muito pequena. Não vejo a torcida do Auto Esporte sendo convocada para discutir projeto”, avaliou o torcedor, não diferente da observação feita pelo comentarista esportivo da TV Cidade João Pessoa, Max Oliveira.

“O clube tem um grande patrimônio sem um aproveitamento profissional. Diante desse contexto fora de campo e dentro de campo, não conseguindo resultados positivos, infelizmente acaba ficando sem viabilidade e perspectiva para o futuro”, afirmou.

Repórter MaisTV fez contato por diversas vezes com a diretoria do Auto Esporte Clube, mas não obteve sucesso.

Confira, abaixo, a reportagem completa:

Maurílio Júnior – MaisPB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: