Política

A troca de comando no PSB e o futuro de Ricardo no partido

Ainda que a pressão interna do PSB seja forte para o afastamento do ex-governador Ricardo Coutinho do partido, a troca no comando da sigla na Paraíba não passou pela executiva nacional.

+ Comissão termina sem definição e PSB fica inapto após Calvário

A articulação se deu pelo próprio Ricardo com Maia, coincidentemente, depois do Portal MaisPB informar que o prazo da então comissão provisória havia terminado.

+ Pai de alvo da Calvário morre após filho ser preso

Ao Blog, lideranças nacionais do partido disseram que a exigência pelo afastamento de Ricardo da Fundação João Mangabeira se intensificará com a volta dos trabalhos no Congresso.

A propósito, a cobrança só não é ainda maior porque o presidente Carlos Siqueira se submeteu recentemente a um procedimento médico e tem viagem agendada para o exterior no dia 10, com volta no fim do mês.

Ainda conforme apurou o blog, os deputados Tadeu Alencar (PE) e Alessandro Molon (RJ), que fazem parte do mesmo ‘grupo’ de Ricardo e Maia no PSB, não têm acenado em defesa de Coutinho diante da pressão fruto dos desdobramentos da Operação Calvário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: