operação calvário

Ricardo Coutinho já está de tornozeleira eletrônica

O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) esteve na manhã deste sábado (22) na Penitenciária Média de Mangabeira para colocar a tornozeleira eletrônica determinada pelo desembargador Ricardo Vital, relator da Operação Calvário no Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), como uma das medidas cautelares em razão do habeas corpus concedido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O socialista ainda terá que se recolher em casa das 20h às 5h e não poderá deixar a comarca de João Pessoa sem autorização da Justiça. Coutinho é apontado como chefe da organização criminosa que desviou pelo menos R$ 134 milhões da Saúde e Educação da Paraíba através de contratos com organizações Sociais.

Segundo apurou a reportagem do Portal MaisPB, além de Ricardo, o ex-procurador-geral do Estado, Gilberto Caneiro, e os empresários Bruno Caldas e Vladimir Neiva estiveram na unidade prisional para instalação dos equipamentos.

A medida cautelar também se estende ao irmão de Ricardo, Coriolano Coutinho, a prefeita do Conde, Márcia Lucena (PSB), a ex-secretária de Saúde da Paraíba, Cláudia Veras, ao advogado Francisco das Chagas Ferreira, e a David Correia, operador do grupo Gerir. (Maurílio Júnior e Wallison Bezerra – MaisPB)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: