coronavírus

Prefeito de João Pessoa repreende Bolsonaro: “A vida vem primeiro”

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), também reagiu ao pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro em que minimiza a pandemia do coronavírus, que já matou no Brasil 46 pessoas.

+ João Azevêdo reage a pronunciamento de Bolsonaro: “Desserviço à nação”

No Twitter, Cartaxo escreveu que “o grave momento que o Brasil atravessa pede serenidade e trabalho conjunto, principalmente dos seus gestores. O que realmente importa, agora, é salvar vidas”.

Continuou:

“Não pode haver espaço para divisões de qualquer ordem, pois há um protocolo internacional de prevenção a cumprir. O combate ao novo Coronavírus deve ser missão prioritária, porque a vida vem primeiro”, acrescentou.

“João Pessoa tomou decisões duras, seguindo o que recomenda a Organização Mundial de Saúde (OMS) e especialistas do setor, baseados na ciência e na experiência de outros países no enfrentamento à pandemia. As medidas restritivas adotadas estão mantidas na capital paraibana. Ao mesmo tempo, vamos continuar reforçando a rede de saúde e as ações de assistência e proteção social”, afirmou, antes de completar.

“Nesta situação de ameaça crescente, a luta primordial é pela vida, construindo gradualmente a superação do quadro crítico e o caminho de recuperação a trilhar, posteriormente. #ficaemcasa”, concluiu.

Em pronunciamento em rede nacional de televisão e rádio exibido na noite desta terça-feira (24), Bolsonaro pediu a reabertura do comércio e das escolas e o fim do “confinamento em massa”. Ou seja: o fim da quarentena.

As medidas têm sido utilizadas e recomendadas pelo próprio Ministério da Saúde no combate ao novo coronavírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: