coronavírus

João sobre ajuda do governo Bolsonaro: “Nada chegou, a não ser promessas”

O governador João Azevêdo (Cidadania) cobrou nesta segunda-feira (30) ações efetivas do Governo Federal para os estados desenvolverem atividades de combate ao novo coronavírus.

De acordo com o gestor, “nada chegou, a não ser promessas”. “Precisamos que o Governo Federal faça [ações] na prática, não só na teoria”, declarou durante o programa “Fala, Governador”, da Rádio Tabajara.

João criticou os atos realizados no último sábado (28) em João Pessoa, onde empresários pediam a reabertura do comércio.

“Se o cidadão mais novo sai para trabalhar e volta para casa, vai trazer contaminação. Não existe, em canto nenhum do mundo, isolamento vertical, isso foi descartado em todo mundo. Não queremos que aconteça no Brasil o que acontecendo na Itália e na Espanha. Queremos evitar isso nesse estado [Paraíba] e no país. Baseado em orientação da Organização Mundial Saúde, temos que fazer o isolamento social. É um absurdo essa discussão nesse momento. Nem a estrutura de saúde dará conta, como o número de mortes será grande”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: