futebol

Apesar de ajuda da CBF, jogadoras denunciam calote do Auto Esporte

Jogadoras do Auto Esporte estão denunciando a diretoria do clube por não repassar o auxílio emergencial dado pela CBF para as equipes da primeira e segunda divisão do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. Assista abaixo.

Em abril, a entidade máxima do futebol injetou R$ 50 mil nos cofres do time paraibano para custear as despesas com as atletas durante a pandemia do novo coronavírus. O dinheiro, porém, não chegou até as jogadoras.

A lateral Ysrayane Alves, porta-voz das jogadoras do Auto Esporte, disse ao Esporte Espetacular, da TV Globo, que acabou dispensada após questionar os dirigentes pelo não pagamento.

A gente reuniu e fui falar que não estava achando certo, falei apenas no grupo, depois eles falaram que eu estava fazendo zoada na internet, nunca cheguei a fazer nada na internet. Nós, mulheres, nem opinar para nossa melhoria não podemos mais

O presidente do clube, Helamã Nascimento, foi procurado, mas não quis se manifestar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: