Em João Pessoa

Vídeo: Lyceu é palco de vandalismo em manifestação contra cortes na Educação

Pichações nos muros do tradicional colégio Lyceu Paraibano, em João Pessoa, aconteceram nessa quarta-feira (15), durante a manifestação contra os cortes na Educação anunciado pelo governo Bolsonaro. O vandalismo faz menção contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, e a favor do Partido dos Trabalhadores. A Secretaria de Educação do Estado prometeu limpar o colégio ainda nesta semana. Quem paga a conta é você!

Política

Em dia de manifestações, Ricardo é lembrado por cortes na UEPB

Envolvido nas manifestações paraibanas contra o bloqueio de verbas para educação anunciado pelo governo Bolsonaro, o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) também recebeu críticas pelos cortes orçamentários que promoveu na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) durante o seu mandato. A cada tuitada nesta quarta-feira (15), seguidores lembravam ao socialista a relação conflituosa que manteve com a instituição de ensino. Abaixo alguns tweets.

Legislativo

Fora de CPIs, Pollyana ameaça deixar PSB

A deputada estadual Pollyana Dutra ameaçou deixar o PSB, nesta quarta-feira (15). Em sessão que instalou as CPIs (Comissão Parlamentar de Inquérito) na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), a parlamentar criticou publicamente o seu partido por não não ter sido lembrada para integrar nenhuma das comissões. “Estou me sentindo prejudicada, senhor presidente. Estou no PSB, embora esteja acostada ao G-10. É uma luta maior do mundo para participar de uma CPI porque o PSB não indica. E, aí? Vou ficar fora de tudo? Vou esperar uma janela para sair do partido?”, desabafou. Foram instaladas as CPIs da Indústria das Multas, de autoria do deputado Júnior Araújo (Avante); do Feminicídio, da deputada Cida Ramos (PSB); além da CPI da Homofobia, da parlamentar Estela Bezerra (PSB). “Não existe democracia para composição das comissões. Qual critério para escolha? Só servimos para assinar? Quando assinamos, queremos participar do assunto”, prosseguiu Pollyana.

Líder do blocão rebate

O deputado Wilson Filho (PTB), líder do blocão na Casa (composto por parlamentares aliados do governo), disse que não foi procurado pela parlamentar com desejo de fazer parte de uma das comissões. “Quando tiver é só falar comigo. Não tenho nenhum problema. Só não posso trabalhar com telepatia”, respondeu.

Política

Protesto contra corte na Educação vira ato ‘Lula Livre’, em JP

A manifestação que acontece em João Pessoa e em outras cidades do país contra o bloqueio no repasse de verbas para educação anunciado pelo Ministério da Educação (MEC), virou mais um ato que pede a liberdade do ex-presidente Lula (PT). Em João Pessoa, militantes políticos se concentram no colégio Lyceu Paraibano, no Centro, com bandeiras e faixas que representam o petista, condenado e preso por corrupção. O grito ‘Lula Livre’ ecoa entre os manifestantes.

Política

Sob comando de Ricardo, PSB faz avaliação do governo João

O ex-governador Ricardo Coutinho promoveu, na última segunda-feira (13), um encontro com a cúpula do PSB para avaliar a primeira fase do governo de João Azevêdo (PSB). A informação foi publicada pelo jornalista Heron Cid em seu conceituado blog. O tom usado na reunião foi rigoroso e crítico pelos atos e posturas adotadas pelo governo e governador. João foi chamado, mas não compareceu, assim como o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB). Ou seja: estiveram tão somente os ricardistas do partido. Em recente entrevista a TV Tambaú, logo após as exonerações do secretário Waldson Souza e do procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro, Ricardo afirmou que não é de abandonar companheiros e companheiras.

Judiciário

Cartola: Justiça começa a ouvir testemunhas de acusação

A juíza Aylzia Fabiana Borges Carrilho, da 4ª Vara Criminal de João Pessoa, começa nesta quinta-feira (16), a ouvir doze testemunhas de acusação inseridas no processo da Operação Cartola, responsável por desvendar um suposto esquema criminoso no futebol paraibano. Em outra data, a ser agendada, será a vez das testemunhas da defesa e, por último, será marcada outra audiência para os interrogatórios dos denunciados. Além disso, foram encaminhadas cartas precatórias para ouvir pessoas na Comarca de Campina Grande e em outros estados. Entre os denunciados estão o ex-presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Amadeu Rodrigues, e o ex-vice-presidente de futebol do Botafogo-PB, Breno Morais.

2019

Saúde: sobe para 8 o número de unidades interditadas na PB

Em quase cinco meses do ano, o Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) fiscalizou mais de 78 unidades de Saúde, com direito a oito interdições. Do Litoral ao Sertão, as constatações são praticamente as mesmas: precariedade na estrutura, falta de medicamentos e materiais, e insegurança para quem trabalha. A Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do bairro de Cruz das Armas, em João Pessoa, por exemplo, voltou a funcionar, nessa terça-feira (14), depois da colocação de guardas municipais no local, mas ainda corre risco de voltar a ser interditada até o próximo dia 25, caso não regularize a escala de médicos. As unidades de Saúde que chegaram a ser interditadas pelo CRM em 2019 foram as seguintes: Centro de Saúde de Mandacaru (João Pessoa); Unidade Básica de Saúde III (Condado); Posto de Saúde da Família Oiteiro II (Alhandra); Bloco cirúrgico do Ortotrauma de Mangabeira (João Pessoa); Hospital Maria Lídia Gomes (Cubati); UTI Neonatal da maternidade Peregrino Filho (Patos); UPA de Cruz das Armas (João Pessoa); UPA de Bayeux (Bayeux).

 
Governo

Frente a Frente com João: Ricardo, São João, relação com Poderes e Calvário

Vídeo – Em entrevista ao Frente a Frente, da TV Arapuan, conduzido por Heron Cid, o governador João Azevêdo (PSB) falou entre outras coisas, sobre a comparação com o ex-governador Ricardo Coutinho – disse ser mais tranquilo e reservado; a atuação dos Centros Integrados de Comando e Controle (CICC) no São João de Campina Grande – disse, na ocasião, que participará do evento; a relação com os Poderes; além das mudanças no secretariado, em meio a Operação Calvário. Clique no play acima.

 
Legislativo

Adriano quer trégua na Assembleia

O presidente Adriano Galdino (PSB) quer uma trégua na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), foco de tensão entre os próprios aliados do governo e com oposicionistas. Uma semana depois de pedir para os deputados afastarem o tema Calvário da Casa, Galdino promoverá um encontro com os líderes nesta semana, para entre outros assuntos, acalmar os ânimos dos parlamentares. “Todavia próxima (nesta) semana teremos reunião e vamos dialogar e resolver tudo”, disse ao autor do blog na última sexta-feira (10). A nova legislatura tem colecionado uma série de situações embaraçosas para a imagem da Assembleia: bate-boca, troca de acusações e até murro na mesa. Uma sessão chegou a ser encerrada antes do previsto por uma ríspida discussão entre deputados.

 
Política

Ruy Carneiro sobre eleição de 2020: “Quem planta, colhe”

Presença constante em solenidades da gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PV), o deputado federal Ruy Carneiro (PSDB), seguiu a mesma linha do gestor pessoense sobre o cenário de 2020, ano de eleição municipal. O tucano afirmou, nesta segunda-feira (13), que ainda é cedo para se aprofundar na discussão, porém, sinalizou com a intenção de se colocar à disposição do grupo político do prefeito. “Campanha é sempre assim: quem planta, colhe”, sugeriu.