Em 24 horas, Gilmar Mendes faz alegria de Lula e Ricardo

Por Maurílio Júnior

Em menos de 24 horas, o ministro do STF, Gilmar Mendes, votou por anular a delação de Antônio Palocci contra Lula no caso do suposto recebimento de propina da Odebrecht, e autorizou que o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) retire a tornozeleira imposta pela justiça paraibana no âmbito da Operação Calvário. Gilmar voltou com as garras de fora após o recesso do judiciário. Ou melhor: Gilmar sendo Gilmar.

Comentários:
error: Conteúdo Protegido!!